Uma opinião sobre “Difícil tarefa é deixar o passado!”

  1. Enéas, quanto tempo! Saudade de ouvi-lo. Realmente, deixar o passado é algo que precisamos trabalhar diuturnamente. Como deixar as lembranças de um filho “pra lá”. Aceitar q ele preferiu seguir sua vida, q decidiu estar melhor sem mim… Certo dia, os espíritos me mostraram algo que entendi “teoricamente” – era a imagem de duas figuras como se foram energéticos, apenas esboço computadorizado e pequenas luzes – me disseram q é isso q preciso entender – somos energias diferentes e devo deixá-lo caminhar sem “misturar ” essa energia e isso não quer dizer, absolutamente, q estarei desligada dele, e sim, saber viver sem estar ligado ao outro… Vamos lá, estou aprendendo, pelo menos, a separar a “dor” do “sofrimento”. Abraço amigo de sempre…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *